“Nas asas dos livros” é um espaço de divulgação das Bibliotecas com entrada livre para todos os que querem voar…


09/12/2016

Inscrições para o próximo Projeto "Histórias da Ajudaris 2017"


Inscrições – Projeto “Histórias da Ajudaris 2017”





O Projeto Histórias da Ajudaris, criado em 2009, concretiza-se a partir da edição de livros escritos por crianças para crianças, colhendo a inspiração em temas como a cidadania, os afetos e o ambiente.

A 9ª edição do concurso Histórias da Ajudaris obedece ao tema a “Família”. As escolas que pretenderem participar neste concurso deverão inscrever-se até 31 de janeiro de 2017, através do preenchimento do formulário disponível on-line.

Para saber mais consulte o regulamento.

Venda de livros da Ajudáris, na BE

AJUDARIS`16
HISTÓRIAS DE ENCANTAR
Escritas por jovens alunos - Volume IV

Dirige-te à BE e adquire o livro. O valor reverte a favor de crianças e famílias carenciadas.


07/12/2016

Este ano vais ser o melhor aluno! Bora lá? - Parte 2


As empresas preferem alunos medianos, mas polivalentes?
Há médias mínimas, mas hoje em dia, - e tenho exemplos práticos do sítio onde trabalho, o Banco de Portugal – conta muito aquilo que se designa por
inteligência emocional, ou seja, a capacidade que se tem para gerir as emoções, de se pôr no lugar do outro, de ser resiliente e estar focado na solução. Mais do que uma cabeça cheia de conhecimento interessa uma cabeça que saiba pensar e, sobretudo, que saiba tomar decisões e não tenha medo de arriscar. Conheço muitas organizações com pessoas que fizeram carreiras e quase não tomaram decisões. Quando tomo uma decisão evidentemente tenho pessoas contra mim e outras a favor. Por isso, é considerado socialmente inteligente não opinar de que clube ou de que religião sou. Mas isso não é o ideal. O ideal é essa pessoa ter a coragem de assumir posições, batendo-se por elas, mas também respeitando opiniões que sejam contrárias à sua.

06/12/2016

"Este ano vais ser o melhor aluno! Bora lá? - Jorge Rio Cardoso


“As organizações pedem pessoas que não estejam centradas nos mexericos”
Jorge Rio Cardoso é o autor do livro "Este ano vais ser o melhor aluno! Bora lá?" Defende que os valores e comportamentos devem ser mais destacados do que as boas notas. Alunos excelentes podem ter tiques de vedetismo, que não cabem nas empresas de hoje

Assume que foi mau aluno. O que é ser bom e mau aluno?
"O bom aluno não é aquele que só tem boas notas. Ele tem de ter boas atitudes e isso é fundamental para ser bom aluno. Tem de ser alguém solidário, honesto e ter companheirismo, porque a educação faz-se sempre com valores. Mais que ter boas notas, interessa um aluno que esteja focado na solução. Hoje em dia, as organizações pedem pessoas que não estejam centradas nos mexericos, mas sim nas soluções e que saibam trabalhar em equipa e criar empatia com os outros. Pode acontecer que alguém tenha boas notas, mas que depois tenha tiques de vedeta e que se isole. Um bom aluno é alguém que tenta ser melhor do que aquilo que era. É aquele que não desiste e que se tenta ultrapassar".


Jornal de Leiria, 10 de Novembro